Informações

Com quatro meses de operação, Zebra se posiciona em 3º lugar como instituição de câmbio que mais cresceu entre julho e novembro

2 Mins read

A fintech utiliza uma tecnologia de ponta para transacionar pagamentos do exterior e ajuda as empresas em toda operação de câmbio; desde sua fundação a empresa já transacionou mais de R$164 milhões

POR:  Letícia Senatti 

Operar no comércio exterior não é uma tarefa fácil, principalmente para as pequenas e médias empresas que sofrem com as altas taxas de câmbio e a falta de agilidade do setor.  Ao enxergar essa dificuldade, Thiago Oliveira criou a  Zebra, uma fintech que automatiza tarefas burocráticas para que as empresas enviem e recebam pagamentos do exterior.

Em menos de um ano de operação, a fintech se tornou a 3ª instituição de câmbio com maior velocidade de crescimento, entre julho e novembro, segundo análise do Ranking do Bacen das instituições financeiras, e transacionou mais de R$ 164 milhões.  “As empresas querem lidar cada vez menos com questões burocráticas, por isso, criamos uma plataforma 100% digital que atua desde a abertura de conta, que é feita em 24 horas, até a transação do recebível para pagamentos Além disso, nós fazemos um rastreamento em tempo real para que as empresas possam acompanhar tudo com mais agilidade e precisão”, comenta Thiago Oliveira, CEO da Zebra.

O empreendedor destaca que os últimos meses foram bem positivos para a empresa, principalmente após a regulação do Banco Central que autorizou as transações feitas por instituições não bancárias sejam liquidadas diretamente em contas no exterior, sem passar por bancos. “É comum grandes bancos e corretoras colocarem um spread alto para afastar as PMEs pois elas oferecem riscos maiores, principalmente de compliance. Mirar nesses negócios nos fez crescer não só em volume transacionado, mas também no negócio. Nos tornamos a 3ª  instituição bancária com maior velocidade de crescimento nos últimos meses e estamos em 8º lugar em volume de importação entre as corretoras que atuam nesse setor. Isso, inclusive, nos colocou à frente de alguns bancos tradicionais”, ressalta Thiago.

Além de fazer toda parte de transação, a fintech utiliza ferramentas de inteligência artificial para  mapear possíveis riscos. Com a Zebra, as empresas podem enviar apenas dois documentos e em até 24 horas a análise cadastral é realizada. “Investimos em uma tecnologia de ponta para  acelerar alguns processos que antes eram muito manuais e trabalhosos. Com isso, conseguimos entregar as melhores taxas e ajudar essas empresas a crescerem, pois elas não precisam depender só dos bancos e corretoras tradicionais para efetuar essas transações”, explica o CEO.

Em agosto, primeiro mês de atuação da Zebra, a empresa movimentou R$ 20 milhões. O montante a colocou na lista de 30 maiores corretoras de câmbio do País em volume transacionado e atualmente está em 17º lugar entre o volume negociado. Hoje, os principais clientes da fintech são do setores hortifrutigranjeiro, indústrias de menor porte e linha de serviços, como transferências internacionais de salários, consultoria para negócios que atuam com esses recebíveis. “Nosso objetivo é continuar crescendo nesse ranking e também como negócio. Para 2022 vamos investir no time e mirar em novos setores de atuação para oferecer a melhor experiência possível para as empresas que dependem de transferências internacionais”, conclui Thiago.

Sobre a Zebra

Fundada em julho de 2021, a Zebra foi criada para atender as necessidades das empresas de pequeno e médio porte em relação a transações internacionais. A fintech possui uma plataforma 100% digital que  utiliza tecnologia, agilidade e transparência para que as empresas enviem e recebam pagamentos do exterior. Fundada por Thiago Oliveira, já levantou capital com investidores como a ACE aceleradora e possui mais de 300 usuários em sua base.

Related posts
Informações

Ibict lançará plataforma de Ciência Cidadã

2 Mins read
POR: Soraya Simon O Ibict anuncia o lançamento da Civis – Plataforma de Ciência Cidadã. A Civis foi desenvolvida pelo Ibict em…
Informações

Medida provisória 1.108/22 regulamenta trabalho remoto e traz segurança jurídica

3 Mins read
Por Bruna Degani, Gerente Jurídica na Ahgora*  A pandemia aumentou tanto o número de empregados atuando no regime de trabalho remoto que uma atualização…
Informações

Direito São Bernardo apresenta Programa de Aprimoramento Contínuo

1 Mins read
POR:  Comunicacao Social Na última terça-feira (24), o Diretor da Faculdade de Direito de São Bernardo, Prof. Dr. Rodrigo Gago Barbosa, apresentou…
Fique por dentro das novidades

Se inscrevendo em nossa newsletter você ganha benefícios surpreendentes.