NOVO! Nova revista digital Leia mais

Educação S/A

Cresce número de brasileiros que estudam nos Estados Unidos

2 Mins read

Nos últimos 4 anos, Brasil tem retomada de estudantes que frequentam instituições norte-americanas 

POR: LGA COMUNICAÇÕES

Nem o câmbio desfavorável consegue barrar o sonho de estudar nos Estados Unidos.  O número de brasileiros em instituições de ensino norte americanas aumentou 27% nos últimos 4 anos. O levantamento está no último relatório OpenDoors , divulgado pelo EducationUSA, a rede oficial do Departamento de Estado para informações sobre estudos nos EUA. Flórida e Nova York são os estados que mais recebem estudantes.  

Um dos motivos para esse aumento na presença de brasileiros em instituições norte-americanas é o acesso a bolsas, financiamentos e informação detalhada. Com 40 escritórios no Brasil, o EducationUSA se dedica a divulgar vagas e oportunidades de bolsas para quem quer estudar fora: “Hoje, podemos dizer que os alunos têm conhecimento sobre as inúmeras possibilidades de fazer faculdade nos EUA. São mais de 4.700 instituições de ensino superior com preços variados, e graças ao acesso às informações, as famílias estão aprendendo que existem características e chances diferentes,” diz Simone Ferreira Coordenadora do escritório do EducationUSA no Rio de Janeiro.  

Todas as informações estarão disponíveis para os estudantes brasileiros na Segunda Edição da Feira Virtual EducationUSA.  No dia 25 de agosto, a rede promove um encontro virtual e gratuito com mais de 80 universidades americanas, que oferecem bolsas e oportunidades nos EUA. As inscrições estão disponíveis no link: https://educationusafair.vfairs.com/ 

Alunos receberão visto de entrada nos Estados Unidos mesmo sem terem sido vacinados contra Covid-19. Eles serão imunizados em solo americano. 

http://webmail.economiasa.com.br/cpsess2150941070/3rdparty/roundcube/?_task=mail&_mbox=INBOX&_uid=44346&_part=4&_action=get&_extwin=1&_framed=1&_mimewarning=1&_embed=1

 Mesmo na pandemia, João Vitor Boechat, de 17 anos, morador de Bangu no Rio de Janeiro, conseguiu ganhar uma bolsa de estudos para cursar Engenharia Elétrica e da Computação em Duke University, Carolina do Norte. Ele obteve a vaga com ajuda do EducationUSA, e estará entre os mais de 16 mil brasileiros matriculados em universidades norte-americanas. João Vitor será imunizado contra Covid-19 ao chegar em solo americano. “Estou muito animado! É tudo tão novo para mim, que não sei o que esperar,” comemora o rapaz pela dupla conquista.

Sobre o EducationUSA: O EducationUSA é a rede oficial do Departamento de Estado para informações sobre estudos nos EUA e possui uma rede global de mais de 400 centros de orientação. O EducationUSA tem 40 escritórios em diversas partes do Brasil, incluindo os “American Spaces – Centros Binacionais”, universidades e organizações sem fins lucrativos. A missão da rede é facilitar o acesso gratuito às informações sobre oportunidades de estudos nos EUA. Mais informações sobre EducationUSA no Brasil aqui: https://www.educationusa.org.br

Related posts
Educação S/A

Chega ao mercado um dos maiores programas de bolsas de estudos do Brasil

3 Mins read
Criado pelo Instituto de Tecnologia e Liderança, o Inteli, e viabilizado a partir de doações de empresários e empresas que reconhecem a…
Educação S/A

Dívida com o FIES não prescreve e pode gerar até apreensão de bens

2 Mins read
Economista Alessandro Azzoni dá dicas de como negociar para quitar parcelas POR: M2 Comunicação Na busca por qualificação profissional, muitos brasileiros recorreram…
Educação S/A

"Sonho em honrar meus ancestrais representando a minha tribo na universidade" diz indígena bolsista nos EUA

3 Mins read
Jósimo Constant, da tribo Puyanawa é apoiado pelo programa Oportunidades Acadêmicas Mestrado e Doutorado nos EUA, com inscrições abertas e gratuitas até…
Fique por dentro das novidades

Se inscrevendo em nossa newsletter você ganha benefícios surpriendentes.