NOVO! Nova revista digital Leia mais

Flow S/A

Tendências e inovação no setor de saúde com atendimento aos clientes

2 Mins read

Os avanços e desafios do setor de saúde no Brasil acompanham a transformação do mercado digital pelas novas necessidades dos profissionais e também com clientes cada vez mais exigentes em agilidade e precisão de dados. Uma pesquisa global da Deloitte “Perspectivas globais do setor de saúde 2020” aponta quatro questões chaves para impulsionar a indústria da saúde e apresentar visão holística a fim de ajudar nas tomadas de decisões financeiras, em inovações e gestão de pessoas.

Entrevistei o sócio diretor comercial da Carefix e Dualmedic, Alex Romanosk, para entender sua percepção quanto as inovações do setor e de que forma as suas empresas estão se relacionando com o ecossistema de empreendedorismo e tecnologia. Ambas as empresas são brasileiras e especializadas na comercialização de materiais médicos cirúrgicos que vem sendo referência na implementação de tecnologia em seus projetos, visando o atendimento diferenciado e o empenho em solucionar problemas e aumentar os ganhos de seus clientes. Confira:

Alex Romanosk – sócio diretor comercial da Carefix e Dualmedic

FLOW SA: Qual o diferencial das suas empresas em relação aos concorrentes?

Alex Romanosk: Sei onde os meus concorrentes estão e como eles trabalham. Entendi que o mercado está trabalhando da mesma maneira há décadas e a demanda acaba circulando dentre as mesmas empresas, variando dependendo do acordo comercial do momento. Eu inovo e soluciono de perto os problemas do meu cliente, tratando-os de forma única e “artesanal”, contribuindo para o crescimento do mesmo através de projetos e estudos.

FLOW SA: Como se comporta o mercado deste segmento no Brasil

Alex Romanosk: Vejo que existe um fôlego inicial, depois o comodismo toma conta, tanto do fornecimento dos materiais como de serviços prestados. Há um avanço agressivo, porém sem a preocupação com detalhes, e com o tempo não existe nenhum diferencial entre as empresas.

FLOW SA: A inovação é aplicada de qual maneira?

Alex Romanosk: Para inovar você precisa conhecer as necessidades e muitas vezes criá-las. Entendo que cada vez mais o nosso tempo é escasso. As pessoas pagam para não terem certos tipos de trabalhos, então inovação é a pró-atividade. Comprar e vender é a premissa básica de um negócio: o cliente precisa enxergar você como um solucionador de problemas, um profissional que irá ajudá-lo a maximizar seus ganhos. Entendendo isso, você consegue obter êxito.

Muitas organizações cometem o mesmo erro: oferecem um produto de qualidade e esquecem de prestar um atendimento personalizado. O cliente é o principal gerador de lucro em uma empresa e é essencial que fique satisfeito.

15 posts

About author
Relações Públicas do Entretenimento em São Paulo e mentora de artistas do cenário independente, trago nesta coluna informações, entrevistas e curiosidades sobre o mundo artístico com muita leveza. Para sugestão de pauta, envie por e-mail: do@docomunica.com.br
Articles
Related posts
Flow S/A

"Acreditar nos sonhos" é o que Sebah Vieira faz com alegria e determinação em sua carreira artística

4 Mins read
Neste domingo, dia 19 de setembro, vai acontecer a 8° edição do Troféu Cultural e Feijoada Sebah Vieira, evento já conhecido entre celebridades…
Flow S/A

Campanha beneficente da Eurico Calçados tem número histórico de doações

4 Mins read
A campanha “Faça do Seu Passado um Grande Presente” foi criada com o objetivo de beneficiar ONGs parceiras com a arrecadação de…
Flow S/A

Underground musical e seus efeitos positivos na pandemia

4 Mins read
Por conhecimento e vivência em entretenimento como gestora de imagem, grande parte da mídia só quer saber de “mainstream” ou “midstream” quando…
Fique por dentro das novidades

Se inscrevendo em nossa newsletter você ganha benefícios surpriendentes.