NOVO! Nova revista digital Leia mais

Saúde S/A

Live com ONGs debate os efeitos da pobreza menstrual na pandemia

1 Mins read

Bate papo virtual acontece dia 29, às 20h, no Insta da marca de absorventes Diana

POR: Canal a Comunicação

Item básico para mulheres em idade reprodutiva, os absorventes higiênicos ainda são inacessíveis a cerca de 26% das adolescentes entre 15 e 17 anos no Brasil. Para se ter noção do quão sério é o tema, em 2014, a ONU reconheceu que o acesso feminino à higiene menstrual é uma questão de saúde pública e de direitos humanos. A chegada da pandemia agravou ainda mais esse cenário, não só para as jovens, mas também para mulheres em situação de vulnerabilidade social, em especial as moradoras de rua. Para debater o assunto e o seu impacto na sociedade, a marca de absorventes Diana, da Carta Fabril, convidou as representantes de duas ONGs para uma Live. O bate papo virtual acontece no dia 29, às 20h, na página do Instagram @dianaabsorventes. Entre as convidadas estão Constanza Del Passo, fundadora da @absorvendoamor, e Giovanna Souza, da @wonanforw, ambas fortemente engajadas em combater o problema.

Segundo Constanza Del Posso, fundadora da Absorvendo Amor, um dos reflexos mais comuns, por exemplo, é o aumento da evasão escolar durante o período menstrual, em função da falta de acesso ao item. “A ONG sempre teve como objetivo ajudar as alunas das escolas públicas que não têm acesso a produtos de higiene íntima. Com todos os protocolos de segurança, adotamos a estratégia de levar as doações para a equipe da diretoria, que por sua vez distribuiu para as estudantes. A diretora de uma das escolas que ajudamos relatou que, todos os meses, tira dinheiro do próprio bolso para ajudar as alunas a não faltarem às aulas. Isso tem que mudar”, relata Constanza.

A Carta Fabril tem se mobilizado para ajudar a minimizar esses impactos, por meio de doações mensais realizadas por ONGs parceiras, entre elas a Menstruando sem Tabus, Fluxo Solidário, Unidas pelas Mulheres – Virginia Woolf, Woman for Woman e Absorvendo Amor. Desde o início das ações, mais de 20 mil mulheres já foram ajudadas.

Related posts
Saúde S/A

Prevenção e controle da dor sua saúde e nossa preocupação por Dr Delano Teixeira

1 Mins read
Médico formado pela Unigran Rio no ano 2007,  venho atuando na área da saúde desde então, especializado também em radiologia, coordenador da…
Saúde S/A

O impacto do vazamento de gases medicinais na área da saúde

5 Mins read
POR Carlos Rubim As instalações médicas e todo o ecossistema da saúde nunca foram tão demandados. Para agravar o cenário, o vazamento…
Saúde S/A

Setembro Amarelo: Pandemia deixa distúrbios psicológicos menos escondidos embaixo do tapete

1 Mins read
A pandemia trouxe, entre muitas mudanças, uma maior visibilidade para a doença mental. Agora na vitrine, distúrbios psicológicos como depressão e ansiedade…
Fique por dentro das novidades

Se inscrevendo em nossa newsletter você ganha benefícios surpriendentes.